Centrão quer ‘pular a cerca’

Menos de dois meses depois de ter fechado com o presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB), integrantes do Centrão já pensam em manifestar apoio político a Ciro Gomes (PDT), hoje o candidato com mais chances de deter Jair Bolsonaro (PSL) no 2º turno, informou a Coluna do Estadão. O pedetista e o Centrão flertaram antes da união com o tucano se oficializar.
Alckmin não teria prejuízo com a “pulada de cerca”, já que vários nomes do grupo que reúne PR, PRB, PP, DEM e Solidariedade não o apoiam nos Estados.